1º Dia em Londres

Começou mais uma viagem, desta vez para a Inglaterra, 34 dias em Londres! =)

Fomos pela Iberia em um domingo a tarde, com conexão em Madrid. Adorei a Iberia, foi a primeira vez que viajamos por ela. Apesar de cobrarem para marcar assento antecipadamente, chegamos cedo para fazer o check in e conseguimos sentar juntos, porém lá no fundão, perto dos banheiros. Pelo menos essa aeronave tinha muitos banheiros, então não ficava fazendo fila do nosso lado e também não vinha cheio ruim! Ótimo serviço de bordo, tripulação bastante simpática e tela de entretenimento moderna.

Desembarcamos às 06h em Madrid e só precisamos ir até o portão de embarque para o Heathrow (Londres), a conexão era de apenas 2 horas. Hahaha mas saindo do avião um funcionário checava rapidamente os passaportes dos passageiros. Aí mesmo o Conrado tendo passaporte italiano, ou seja, total liberdade para ficar na Espanha, ficaram questionando ele. O pior é que ele estava morrendo de sono, ficou nervoso e quando a pessoa perguntou para onde estava indo, ele respondeu United States hahaha mas logo se corrigiu e viram que o passaporte dele apesar de italiano, foi emitido no Brasil, então liberaram (Oi???).

O vôo para Londres foi tranquilo e o serviço de bordo era pago.

Chegando lá, os passageiros que não são da união europeia precisam preencher um formulário e por fim o Conrado acabou indo na mesma fila que eu no controle da imigração. Foi bem sossegado, me perguntaram apenas qual o motivo da viagem, quanto tempo e se no final eu voltaria para o Brasil. Não pediram para eu comprovar nada, tirando o aeroporto de Madrid, em 2014, que não me perguntaram nada, carimbaram meu passaporte direto hahahaaha, Londres teve a “entrevista” de imigração mais tranquila que eu já passei.

Nosso amigo argentino, o Gaston, que nos hospedou nos primeiros dias, já estava nos esperando do lado de fora! Fomos de metrô para a casa dele, que era no bairro de Chiswick, na região oeste, apenas cerca de 25 minutos do aeroporto.

O metrô passa por todos os terminais do Heathrow e, pelo menos no terminal 5, é bem perto da área de desembarque. Para comprar o Oyster Card (que é tipo o bilhete único deles, o cartão utilizado para trem, metrô, ônibus…) ou mesmo um ticket avulso, é só ir até umas das várias máquinas perto da catraca ou mesmo no aeroporto e comprar – aceita dinheiro ou cartão. Como nós queríamos usar uma nota de £ 50 (pois recebemos da casa de câmbio no Brasil apenas notas de 50), eas máquinas e vários outros lugares não aceitam, tivemos que comprar o Oyster na bilheteria, com um funcionário.

O cartão tem um custo de 5 pounds (Pound = £ libra) que é reembolsado se você o devolver.

Aqui no Blog Pra Ver em Londres tem um post muito bom explicando tudo isso, inclusive um vídeo =)

01a - Chiswick Underground Londres London

A primeira impressão ao descer na cidade já foi demais, porque Chiswick é um bairro bem tranquilo e organizado. O apartamento dos nossos amigos, Gaston e Paz, era em um daqueles prédios bem típicos e fofos.

Quase fui atropelada logos nas primeiras atravessadas de rua, porque é bem difícil acostumar com a mão inglesa hahaha e lá os pedestres não têm preferência, apenas em algumas partes de algumas ruas, tem uma luz amarela e faixa em zig zag onde o pedestre é prioridade e os carros têm que parar, caso contrário tem que procurar um semáforo ou correr, porque carro e ônibus são os mais importantes =O

02 - Chiswick park evening pedestrian crossing London Londres

Saímos para conhecer melhor a região e almoçar. Passamos pelo mercado enorme Sainsbury´s, que é uma rede bem grande, mas não é dos mais baratos; comemos um lanche do Greggs, que é uma rede take away de lanches e pequenas refeições; sentamos em um parque que tinha em frente para comer, o Turnham Green, o dia estava ensolarado e tinha bastante gente sentada no gramado almoçando, ao lado da igreja Christ Church.

01 - Chiswick Turnham Green Christ Church Parque Igreja London Londres

Depois andamos pela avenida, onde tem várias lojas e precisávamos comprar chips para nossos celulares. Fomos primeiro em uma loja Carphone Warehouse, que é especializada nisso, explicamos o que queríamos para a atendente e ela nos recomendou ir até uma loja da Three pois teriam a melhor opção para nós, rsrsrs. Fomos então até lá e demos sorte de ser atendido por uma vendedora brasileira, ela nos explicou direitinho e então compramos um Sim Card por £ 15 que teria por um mês 1 mil minutos em ligações, 300 SMS e 4G ilimitado!!! Isso no sistema Pay-as-you-go (pré-pago), sem contrato! Recomendo a Three para quem precisar de um chip por lá, ela tem bom sistema de sinal na maior parte da cidade, internet super rápida e tem outras opções mais baratas além dessa de 15 pounds que optamos.

BA + SP = LDN

A photo posted by Conrado Ruggieri (@conradoruggieri) on

A noite fomos já conhecer um pub inglês. Nossos amigos nos levaram até Hammersmith, que é um bairro maior ali na zona oeste e bem perto. O pub foi o The Hop Poles, assim que eu entrei eu pensei: “É isso? Isso é um pub? Que coisa velha!” hahaha se eu estivesse sozinha eu teria procurado alguma coisa mais moderna, mas os pubs típicos são todos bem escuros, com balcão e mesas antigos. E por fim eu achei muito legal. Para começar decentemente pedimos pints (500 ml de chopp) e Fish & Chips ( acho que foi a primeira e única vez que comemos o famoso Fish & Chips, é muito pesado).

03 - Hop Pole Pub Pint Fish Chips London Londres

Mais ou menos às 21h eles já começam a encerrar o serviço de comidas e por voltas das 23h o de bebidas, a noite na maioria nos pubs e restaurantes de Londres termina cedo.

« »

© 2020 Doppio por aí. Theme by Anders Norén.